Arquivo - 30 de julho de 2014

1
mensagem do dia 30/07
2
30 de julho – aconteceu hoje
3
música do dia – chuá chuá
4
curiosos flagrantes fotográficos
5
cabeceira para cama feita de jornal

mensagem do dia 30/07

“Quantas vezes a gente, em busca da ventura / procede tal e qual o avozinho infeliz: / em vão, por toda parte, os óculos procura / tendo-os na ponta do nariz!”

atribuída a mário quintana / nascido nesta data

 

30 de julho – aconteceu hoje

Gabriel Lippmann

1906 – Gabriel Lippmann apresenta na Academia de Ciências de Paris um método para a reprodução fotográfica a cores.

1932 – estréia Flowers and Trees, produzido por Walt Disney, o primeiro curta-metragem de animação em Technicolor e o primeiro a ganhar o Oscar.

 

GIORGIO VASARI* GIORGIO VASARI (Arezzo,1511 / 27 de junho de 1574) foi um pintor e arquiteto italiano conhecido principalmente por suas biografias de artistas italianos. Construiu para si uma mansão em Arezzo que hoje é museu em sua homenagem e passou incontáveis dias dedicando-se a decorá-la com obras de arte. Fundou a Accademia del Disegno em Florença. Ficou conhecido como o primeiro historiador de arte, através de seu livro Vite ou Le vite de’ più eccellenti pittori, scultori e architettori, onde registrou a biografia dos principais artistas do Renascimento. O termo Gótico foi pela primeira vez impresso em seu livro. Incluía, além das biografias, um valioso tratado das técnicas empregadas.

EMILY JANE BRONTE (Thornton,1818 / 19 de dezembro de 1848) foi uma escritora e poetisa britânica, autora do romance O Morro dos Ventos Uivantes, hoje considerado um clássico da literatura mundial. Ela escrevia sob o pseudônimo masculino ELLIS BELL.

ELISEU VISCONTI* ELISEU VISCONTI (Giffoni Valle Piana,1866 / 15 de outubro de 1944) foi um pintor, desenhista e designer ítalo-brasileiro, considerado um dos mais importantes artistas brasileiros do período e o mais expressivo representante da pintura impressionista no Brasil.  Executou trabalhos de decoração do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, realizados em Paris. Os painéis do foyer do Theatro são considerados uma obra prima da pintura decorativista no Brasil. No país, foi quem trilhou os primeiros passos do desenho aplicado às indústrias e às artes gráficas, atividades hoje que se inserem na denominação “design“. Produziu selos, cartazes, projetos de pratos e de jarros para serem executados em cerâmica, vitrais, marchetaria, luminárias, ex-libris, estamparia de tecidos e papel de parede, iniciando o surgimento de um profissional décadas mais tarde – o designer.

HENRI MOORE* HENRY MOORE (Yorkshire, 1898 / 1986) foi um escultor e desenhista britânico que desenvolveu uma obra tridimensional predominantemente figurativa, com breves incursões pela abstração. Com o seu conhecimento do primitivismo ele começou a desenvolver um estilo de “escultura direta“, no qual as imperfeições do material e marcas deixadas pelo uso das ferramentas de trabalho são incorporadas à escultura final. Durante a II Guerra Mundial, chocado com os bombardeios em Londres, fez a famosa série de desenhos dos refugiados nos abrigos antiaéreos. Considerado um dos maiores escultores contemporâneos, recebeu o Prêmio Internacional de Escultura na XXIV Bienal de Veneza (1948), na II Bienal de São Paulo (1953) e na V Bienal de Tóquio (1959).

* MÁRIO QUINTANA (Alegrete,1906 / 5 de maio de 1994) foi um poeta, tradutor e jornalista brasileiro. Considerado o “poeta das coisas simples“, com um estilo marcado pela ironia, pela profundidade e pela perfeição técnica, ele trabalhou como jornalista quase toda a sua vida. Traduziu mais de cento e trinta obras da literatura universal. Em 1940, lançou o seu primeiro livro de poesias, A Rua dos Cataventos, iniciando sua carreira de poeta, escritor e autor infantil.  Tentou por três vezes uma vaga à Academia Brasileira de Letras, mas em nenhuma das ocasiões foi eleito; ao ser convidado a candidatar-se uma quarta vez, e mesmo com a promessa de unanimidade em torno de seu nome, o poeta recusou: “Só atrapalha a criatividade. O camarada lá vive sob pressões para dar voto, discurso para celebridades. É pena que a casa fundada por Machado de Assis esteja hoje tão politizada. Só dá ministro.”

* CLIVE SINCLAIR (Richmond upon Thames,1940) é um empreendedor e inventor britânico. Desenvolveu, entre outras coisas, a primeira calculadora eletrônica de bolso do mundo e o microcomputador ZX Spectrum.

* PAUL ANKA (Ottawa,de 1941) é um cantor e compositor canadense de origem síria. Em 1957, foi para Nova Iorque onde fez um teste para a ABC, cantando uma canção de amor que escrevera para uma babá, Diana Ayoub. A canção, Diana, lhe trouxe um estrelato instantâneo, e é uma das mais vendidas da época na história da música.

* ROSINHA DE VALENÇA (Valença,1941 / 10 de Junho de 2004) foi uma violonista, cantora e compositora brasileira. O apelido, que adotou como nome artístico, lhe teria sido dado por Sérgio Porto que dizia que ela tocava por uma cidade inteira. Foi um dos mais importantes nomes femininos da música popular brasileira e considerada uma das matrizes instrumentais da Bossa Nova. Em 1992 uma parada cardíaca provocou-lhe lesão cerebral, e a deixou em estado vegetativo, retirando-a do mundo artístico.

* MARTINHA (Belo Horizonte,1949) é uma cantora e compositora brasileira. Destacou-se na Jovem Guarda participando de programas musicais e de entrevistas. Seu grande sucesso foi Eu daria a minha vida, depois também gravada por Roberto Carlos, exemplo seguido por outros cantores. Era filha de Dª Ruth, a famosa Candinha, que assinava a coluna “Mexericos da Candinha“, na fase áurea da Revista do Rádio.

(fonte principal wikipedia / imagens google / aberto a correções)

música do dia – chuá chuá

totalgifs.com musica gif gif novo19.gif

Final de mês, agitação, vamos fazer uma pausa na correria, assistindo a um vídeo bem relaxante e ouvindo a suavidade da música instrumental tocada pela  aniversariante do dia ROSINHA DE VALENÇA.

CHUÁ, CHUÁ

pedro de sá pereira / ary pavao

curiosos flagrantes fotográficos

fotografia

Nos dias de hoje, com tantos recursos tecnológicos, fica difícil afirmar com certeza se uma foto é realmente original ou se trata de uma montagem. Mas mesmo assim, vale a pena ver esses trabalhos que mostram

CURIOSOS FLAGRANTES FOTOGRÁFICOS

 

veja essas e outras imagens no site distractify

flagrantes fotograficos 3

flagrantes fotograficos 2

flagrantes fotograficos 6

flagrantes fotograficos 7

flagrantes fotograficos 5

flagrantes fotograficos 4

cabeceira para cama feita de jornal

decoracao hoje

Já que nesse friozinho de inverno o melhor lugar pra se ficar é no quarto quentinho, vamos aproveitar e aprender a fazer uma bela

 

CABECEIRA PARA CAMA FEITA de JORNAL

 

pode ser usado também como mural ou quadro na sala

 

passo a passo completo aqui

cabeceira de cama de jornal 02

 

cabeceira de cama de jornal 1

cabeceira de cama de jornal 2

cabeceira de cama de jornal 3

Copyright © 2014. Designed by Agência EOS