devemos ajudar os moradores de rua?

devemos ajudar os moradores de rua?

Nessa semana uma sobrinha mandou uma mensagem ao grupo de whatsapp da família, propondo uma ação solidária para auxiliar os moradores de rua.

O assunto rendeu muitos comentários, sob diferentes pontos de vista.

 

DEVEMOS AJUDAR OS MORADORES DE RUA?

 

moradores de rua 01A ideia lançada foi a compra de cobertores para serem distribuídos na rua, aleatoriamente, a quem fosse visto em estado de necessidade.

Veio então a primeira contestação, de que essa ação é de responsabilidade do poder público e dos governantes, e que eles é que deveriam se ocupar dessa tarefa.

A maioria foi contra essa afirmação, e prevaleceu a opinião de que devemos, sim, ser solidários, e não simplesmente esperar a atitude dos políticos.

Mas uma outra questão foi levantada: doar coisas aos moradores de rua – antigamente chamados de mendigos – ajuda ou atrapalha?

Um assistente social consultado declarou que não é bom. Que isso os incentiva a continuarem nas ruas, quando deveriam procurar os abrigos.

Outro replicou, alegando que grande parte das pessoas que vivem nas ruas estão nessa situação por opção, por não suportarem regras e responsabilidades sociais. Por isso mesmo abandonam as famílias, então não se adaptam também à rotina dos abrigos e albergues.

Quem conhece esses estabelecimentos alega que lá têm regras muito rígidas, com horários de entrada e saída rigorosos e várias restrições de conduta, o que os moradores de rua 04desestimula a permanecer.

Para os funcionários dos abrigos, a maioria é tida como preguiçosos e indisciplinados. Deixam quartos e banheiros sujos, rasgam seus colchões, e vendem o que ganham – ou trocam por bebidas e drogas. E que é melhor que as doações sejam entregues na instituição para serem direcionadas a quem realmente precisa e merece.

Alguém questionou: – mas eles não estão pedindo nada.

Outro discordou: – sim, eles pedem calor humano.

E por aí a conversa foi rendendo, com argumentos prós e contras.

Mas, afinal, o que fazer?

moradores de rua 03Como não se sensibilizar ao ver seres humanos encolhidos de frio, dormindo em cima de papelões, nas noites geladas da cidade, quando temos nossas cobertas quentinhas?

Depois de refletir sobre todas as alegações, tirei minhas próprias conclusões.

Penso que, independente de razões, motivos, ou história de vida de cada um, sendo ou não nosso dever, não será um cobertor ou um agasalho usado que irá determinar o destino desses desajustados sociais.

Mas com certeza vai satisfazer uma necessidade imediata, aquecendo um corpo e talvez uma alma.

Porém, isso é um critério pessoal.

Que cada um faça o que o coração mandar.

 

moradores de rua 05

imagens internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014. Designed by Agência EOS