telemarketing, sac e outros monstros que nos assombram

telemarketing, sac e outros monstros que nos assombram

Com o passar dos anos, com a idade e a maturidade, vamos ficando mais racionais, e aprendemos a lidar melhor com as situações adversas.

reflexoes serenidade 01Coisas que antes nos deixavam descabelados, encaramos com mais tranquilidade, e focamos mais na solução que no problema em si (ou pelo menos deveria ser assim).

É a tão falada experiência de vida.

Eu, por natureza, sempre fui mais paciente e tolerante. Procuro ver as coisas pelo lado bom, e, quando posso, busco apaziguar ânimos exaltados e situações conflitantes.

Mas, se tem uma área à qual ainda não consigo lidar sem me aborrecer, é a do tal de call center das empresas prestadoras de serviços como telefonia, internet e afins.

É muita provação!

 

TELEMARKETING, SAC E OUTROS MONSTROS QUE NOS ASSOMBRAM

 

Como é que podem ser chamados “atendimento ao consumidor” se, na maioria das vezes, o que menos fazem é nos atender?reflexoes serenidade 02

Quando temos algo para resolver com essa turma, o estresse já começa no início da ligação telefônica. Nos fazem ouvir uma lista imensa de opções, que nos levam a outra. Até conseguirmos finalmente falar com alguém, nosso humor já está irremediavelmente alterado.

Você explica seu caso, o atendente te passa pra outro colega, você torna a explicar, te transferem pro suporte, colocam uma musiquinha, perguntam tudo de novo… E quanto mais irritados ficamos, mais nos enrolam. Isso quando não “cai a ligação”.

E o nosso tempo, que sempre é curto, vai se esgotando junto com a paciência.

A essa altura já perdemos nossa capacidade lógica e nosso auto controle.

reflexoes serenidade 03Aí, quando você percebe, já está andando de um lado pro outro, alterando a voz, sendo grosseira.

Toda a meditação e ioga praticados perdem o efeito, e não tem mensagem de auto ajuda que dê jeito.

O que fazer nessas horas, quando o caldo já entornou?

Acho que a única salvação é tentar não extrapolar o mau humor adquirido, limitando-o àquele momento, sem despejá-lo a quem porventura estiver por perto.

Ao desligar o telefone, se puder desabafe com alguém. Isso ajuda a acalmar. Senão, respire fundo, devagar, procurando relaxar, e se dê uns minutinhos pra voltar ao normal.

Aí, então, pense que foi só um desagradável contratempo, e que não vale a pena se desgastar por tão pouco.

Sorria, e continue a vida como se nada tivesse acontecido.

Pelo menos até a próxima chamada ao abominável Serviço de Aborrecimento ao Consumidor.

 

reflexoes serenidade 05

 

imagens internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Copyright © 2014. Designed by Agência EOS